Review | To The Moon

Durante vários dias eu me questionei se, em pleno final de 2016, escrever sobre um jogo lançado em 2011 faria algum sentido, afinal, quem gostaria de saber algo sobre ele já o fez há pelo menos cinco anos atrás. Mas eu insisti nesta discussão com o meu eu interior e, como sempre,

Leia mais...