AnálisesTextos

Review | Mega Man 11

2018 é uma data importante para Mega Man. Neste ano o robozinho azul da Capcom comemora 30 primaveras e, para celebrar as três décadas de existência, nada melhor que continuar sua história com o lançamento de um novo título da série tradicional. Por isso, Mega Man 11 surge trazendo, ao mesmo tempo, nostalgia e frescor para a franquia.

Talvez a nostalgia que Mega Man proporciona esteja muito atrelada a dificuldade atribuída aos jogos antigos da série e é por isso que Mega Man 11 resgata esse sentimento nos jogadores. O novo título tem seus desafios e eles não são mamata. Porém, ao mesmo tempo, pode ser considerado um jogo de entrada para pessoas que não conhecem muito o universo do robozinho azul. O jogo possui quatro níveis de dificuldade, dois para os menos experientes em Mega Man e outros dois para os já habituados.

Mega Man 11 não foge muito do tradicional. Com relação à história, não há nada novo no horizonte. Dr Willy quer colocar antigos planos em prática e rouba oito robôs que estavam em manutenção na oficina do Dr. Light. Mega Man, equipado com o Double Gear, parte em busca do resgate dos amigos e com a missão de deter Dr. Willy.

Assim como nos jogos tradicionais, são oito fases sem ordem definida, em que você escolhe quais irá jogar. A cada chefe derrotado, você recebe a arma dele, que pode ser acessada a qualquer momento também. Ao finalizar os oito chefes, você tem um desafio final, que é adentrar a fortaleza do Dr Willy, para então se consagrar como herói.

Sempre evoluindo

Progredir em Mega Man 11 é bastante satisfatório. Para jogadores com pouca bagagem na franquia, a dificuldade é grande no começo, mas o sistema de compra de itens e peças para Mega Man dá um tom de rogue-lite e permite que o jogador se sinta mais poderoso e capaz de superar os desafios a cada nova tentativa de passar as fases. Isso porque, a cada tentativa, você coleta mais e mais parafusos, que podem ser utilizados para comprar equipamentos e itens na loja disponível no jogo. Somado à isso, além de estar mais poderoso, seu domínio e conhecimento sobre as fases aumentam e a sensação de progresso é nítida.

Muito desse poder dado ao jogador vem do sistema Double Gear, novidade na série. Aqui Mega Man possui duas engrenagens que podem ser ativadas a qualquer momento. Uma dá mais poder de fogo momentaneamente e outra desacelera o tempo para o nosso herói. Ambas possuem um tempo limitado de uso e se utilizadas até o final, sobrecarregam o sistema de Mega Man, que fica impossibilitado de utilizá-las novamente por um período de tempo. É o segredo de saber dosar os grandes poderes com sabedoria.

A loja e o Double Gear, por mais que sejam bons artifícios para os jogadores menos experientes, é algo que incomoda os jogadores mais assíduos da série, que preferem uma experiência mais pura de Mega Man, assim como tinham nos jogos anteriores. No entanto, Mega Man 11 te dá poder de escolha e não o obriga a utilizar os benefícios, dando a oportunidade para que cada um molde o jogo a seu gosto.

Criatividade para mais e para menos

Merece elogios também a criatividade entregue ao jogo quando o assunto é design das fases. Todas temáticas de acordo com seu robô chefe, muitas delas apresentam desafios criativos que incentivam o jogador a utilizar o Double Gear. Além disso, algumas delas transmitem uma espécie de história ao mundo do jogo, como é o caso da fase do Blast Man, que possui propagandas do robô no fundo, dando a entender que ele é uma espécie de celebridade dentro daquele universo. Pena que a qualidade do design não se estende a todas as fases. A do Bounce Man, por exemplo, é sofrível, com cores duvidosas e desafios que exigem paciência e muito auto controle.

No outro lado da moeda, falta criatividade no uso das diversas armas que, no decorrer do jogo, você vai adquirindo ao derrotar os chefes. São poucas as oportunidades que o jogo te dá para utilizá-las e, tirando alguns momentos de testes, você acaba conseguindo superar os desafios com a tradicional Mega Buster mesmo.

 

[wp-review id=”10360″]

Este review foi produzido com uma cópia de Xbox One cedida pela assessoria de imprensa da Capcom.

Mega Man 11 está disponível para PS4, Xbox One e PC.